As primeiras impressões de Londres podem variar de pessoa para pessoa, apesar de uma coisa ser certa: todo mundo concorda que é bastante diferente do Brasil principalmente no que se refere à arquitetura, organização e hábitos. A primeira coisa que muita gente estranha, principalmente quem vem das regiões Norte e Nordeste, é o clima cinzento. Como falamos inicialmente, em Londres chove muito...os dias de sol são contados (poucas horas em um dia ou em uma semana), por isso são bastante comemorados quando o dia está bonito na cidade.

Outra impressão que certamente é “coletiva” para todos é relacionada com a grande diversidade cultural que aqui existe. Você se depara com mulheres usando burcas, mulheres e homens indianos vestindo os “jalabiyas”, judeus com seus kipás e barbas grandes... Nós que não estamos acostumados com uma imigração de massa, principalmente de países como esses, podemos estranhar no começo. Muito comum sentir também um pouco de medo quando se está na presença de uma pessoa cujo estereótipo é totalmente diferente de nós. Porém, como o nome já diz, são apenas primeiras impressões. Nada melhor que o tempo para se acostumar com o novo. E você muda muito depois disso.

A adaptação em Londres pode ser bastante relativa, pois vai depender do perfil de cada um e de como você quer viver a sua vida aqui. No entanto, para os que largaram tudo em busca de um sonho, a adaptação pode demorar mais. Tem gente que mora há anos em Londres que ainda não se adaptou...isso porque as raízes de algumas pessoas no Brasil são muito fortes. Principalmente das pessoas que cresceram em cidades do interior e que não foram acostumadas a viajar. Alguns nunca haviam saído das suas cidades e tiveram que se deparar com um ambiente totalmente diferente e novo do que estavam acostumados, sem contar com a barreira da língua. Isto também não é uma regra. Algumas pessoas reclamam do tempo cinzento, do clima frio, da frieza dos britânicos, da dificuldade em fazer amizades, da comida apimentada como as principais causas que dificultam a adaptação. Por outro lado, a diversidade cultural, a facilidade e conhecer outros países, a educação e organização dos britânicos são pontos exaltados por quem mora em Londres.

E quem mora aqui sabe, Londres vicia.

A adaptação funciona bem e rapidamente para quem é mais “independente”, gosta sempre de conhecer lugares e pessoas novas, experimentar outro tipo de comida...quem tem o espírito livre e sem muita frescura. Para os tímidos, retraídos e acostumados com a vida no Brasil, poder ser mais demorado e difícil chegar a se acostumar com a vida por aqui. 

Já ouvimos relatos de ambos os lados. Daqueles que chegaram, não se adaptaram e foram embora e dos que se encantaram com a cidade e que não pensam mais em voltar ao Brasil. Ainda existem os que ficam lá e cá, pois não querem deixar o Brasil mas também não se acostumam mais com o país, pois acabaram criando vínculos londrinos.

De uma maneira geral, a verdade é que essa adaptação é muito pessoal, pois vai depender da sua identificação ou não com a cidade. Independentemente do modo como você irá se adaptar, Londres será uma incrível experiência em sua vida, de aprendizado e muito crescimento.

Texto retirado do guia completo Steps to Fly em Londres, de Roberta Weber Calabró.

Foto: Created by Bedneyimages - Freepik.com

Galeria de Fotos
Meu Quarto em Londres
Dicas e Notícias Relacionadas Acessar Todas
  • 16.08.2019
    Principais tipos de visto para o Reino Unido!
  • 23.06.2019
    5 bares/restaurantes em Londres para comer e beber ao ar livre
  • 27.01.2019
    Nosso site exclusivo de ebooks gratuitos
  • 19.11.2018
    5 coisas imperdíveis para fazer em Londres em Dezembro

Assine nossa newsletter